Anne Frank

Há exatos 70 anos morria Anne Frank, a adolescente alemã (de origem judaica) que teve a coragem de contar num diário as atrocidades do Holocausto. Suas anotações – tão lúcidas para a idade, tão trágicas pelas circunstâncias – relatam o horror dos campos de concentração nazistas.

anneFrankO livro que Anne jamais imaginou ser publicado (na verdade, não o queria) se tornou um dos mais traduzidos e emblemáticos do mundo. Triste na essência, mas simbolizou a voz da esperança em meio aos sonhos destruídos pela guerra. E influenciou milhões de pessoas, como Nelson Mandela e John Kennedy.

Contra vozes que não querem se calar – e realmente têm o que dizer – não haverá força dominante que perdure. Anne sonhava em ser jornalista.

Pela memória de Anne Frank.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s