Rolezinho

19bm0k7wm0_504clmi4s6_file

Lutar contra opressão e conhecer “gurias de mil grau”. É muita atitude pra um só movimento.

Não faço ideia se o tal “rolezinho” organizado pra acontecer no Shopping Leblon hoje vai mesmo rolar, mas só peço uma coisa:

Não me convidem pra nada disso.

É uma maneira imbecil de rebeldia que, embora legítima, nada tem a ver com protesto. Não tem causa alguma, apesar de se apoiar na justificativa de “democratizar espaços públicos” e lutar contra a “opressão e discriminação”.

Caô. É apenas desculpa pra baderna e, como descreve um evento do mesmo tipo em Brasília, “claaaaaaro, para conhecer uma rapaziada esperta e umas gurias mil grau”.

Até onde eu saiba, entrar no shopping é de graça. Se você não tem grana pra comprar o que tem lá, não entre. Ou entre, compre o que der e trabalhe duro pra um dia conseguir comprar. Alimente dentro de você a vontade de crescer e progredir, de estudar e conquistar as coisas com esforço, ao invés de simplesmente querer culpar o Governo e dizer que tá tudo errado, menos as nossas próprias atitudes.

Eu acreditei nas passeatas de Junho do ano passado. Estive lá com muito orgulho. Já desses “rolezinhos” de 2014 eu não faço questão nenhuma de participar. Não contem comigo pra fazer papel de otário, de debilóide.

Quem estiver lá “protestando” hoje, amanhã estará de volta pra comprar um tênis maneiro, ver o filme do momento e comer aquele delicioso e imprescindível hambúrguer de 25 reais.

Lamento, mas não acredito em nada que parta de uma hipocrisia tão babaca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s