Spider e Tyson: separados por uma orelha

Ah, esses brutamontes temperamentais...

Ah, esses brutamontes temperamentais…

Soberba, marmelada ou simplesmente passou do ponto? Anderson Silva foi de heroi a vilão em apenas um round. Provocou, gingou, deu pulinhos afetados. Mais um pouco e iria acabar mordendo a orelha do Chris Weidman, ao melhor estilo Mike Tyson.

1° round – O Spider escapa majestosamente de uma finalização no chão, da qual 99% dos lutadores de MMA não conseguiria. Simplesmente espetacular, de prender a respiração!

2° round – Sai de cena o campeão e entra no octógono o “showman”, o comediante, o ator do Porta dos Fundos fazendo mais um vídeo pra ser publicado na segunda-feira, às 11h.

Não sei qual o conceito que você aí tem de ídolo. Confesso que esse não é o meu.

Os defensores do brasileiro dizem que esse é o estilo dele. “Desestabiliza emocionalmente o adversário”, ouvi dizer. Deu certo esse tempo todo e a galera sempre aplaudiu, achou legal pra caramba. Agora que acabou em nocaute soou o gongo das críticas. Faz sentido.

Já os acusadores mais implacáveis e revoltados falam até em teoria da conspiração. Que o cara forçou pra perder, foi comprado, armou pra depois ter uma revanche, trucidar o Chris Weidman e dizer, com a sua voz fina que lhe é peculiar: “Viram só, meti a porrada nele”.

Faz sentido também.

O que não faz sentido é colocar um cinturão em jogo e a reputação em xeque aos 38 anos de idade, cheio da grana e uma carreira que, embora se aproxime da aposentadoria, estava longe de ser decadente.

Era de se esperar isso do Mike Tyson, não do Anderson Silva.

Quando o carismático Bruce Buffer soltou o seu indefectível “Iiiiiiiiiiit’s tiiiiimeeeeeee!!!” antes de anunciar o evento principal deste UFC 162, qualquer criança de 7 anos já sabia que o Spider poderia ganhar ou perder. E que faria suas graçinhas.

Mas da maneira como foi, seja lá qual o motivo, conseguiu apenas irritar os fãs e fazer gargalhar os desafetos. Chael Sonnen deve estar sem fôlego até agora, de tanto rir. Será que vem um ‘Como Água 2 – O Retorno’ aí nos cinemas?

Sei lá. Só acho que nada justifica perder do jeito que foi. Tivesse ele sido derrotado dignamente naquela chave de pernas, eu entenderia perfeitamente. E continuaria respeitando-o.

Mas da maneira como foi… só consigo acreditar que se o próximo adversário der mole vai acabar mesmo ganhando uma dentada na orelha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s